03/02/2010

Postagem nova em www.buladabia.com.br

30/01/2010

Casa Nova!!!!

Oi!
A partir de agora nos encontraremos em www.buladabia.com.br

Espero vocês lá!!!

Beijos!!!

28/01/2010

Unhas fashion


 Adoro esmaltes! Tenho uma coleção, de várias cores. Eu e a Vanessa fomos a Passo Fundo ontem (uma odisséia, outra hora eu conto) e ela me influenciou a chutar o balde :) Compramos esmaltes Flúor! São tons fosforecentes, que estão na modinha agora no verão. Nas fotos as cores não ficaram tão fiéis, são muito mais berrantes, principalmente quando secam.
Até JR gostou, ele havia assistido a reportagem abaixo e já estava melhor informado do que eu.
Hoje é dia de faxina, então nada de mostrar as unhas, amanhã faço e mostro como ficaram!
Abaixo a reportagem do Jornal da RBS (correspondente da Globo por aqui).

25/01/2010

Os suplementos

Logo no início da gestação comecei a suplementação com ácido fólico (o ideal é que se inicie esta suplementação antes mesmo de engravidar, em torno de 3 meses). Este nutriente é essencial para a formação neurológica do feto.

Aos 4 meses foi indicado suplemento de ferro, que suspendi após um mês por perceber que estava terrivelmente constipada! Pudera, eram 440% das necessidades diárias totais de ferro, e o organismo absorve o necessário e excreta o restante, então imaginem o martírio...  Não quis dar pitaco, então pedi ao meu Obstetra e ele providenciou a troca do medicamento por outro, que dá 120% da necessidade diária, além de conter alguns outros nutrientes importantes (inclusive o ácido fólico). Percebi melhora logo na primeira semana!
Considerando que eu como (e não é pouco) também consigo obter os nutrientes de outras fontes, por isso não acho necessário suplementar com doses tão altas!
Agora comecei a beber leite de soja, pois além de ser uma delícia :) é uma boa fonte de zinco, essencial ao crescimento, além de outras vitaminas e minerais. Tomo 300ml diários em 3 doses nos lanchinhos de meio turno (10h, 16h, 20h). Uma caixinha dura mais ou menos 4 dias, o preço médio é de R$3,00 a caixa, nada demais! Os meus sabores preferidos são morango e frapé de coco.
Durante a semana comemos de vianda, então a comidinha é bem caseira e variada, embora a salada esteja deixando a desejar... Nos finais de semana tenho mais dificuldade em manter a dieta, pois é um tal de jantar aqui e ali, além dos petiscos da hora do chimarrão... Mesmo assim estou orgulhosa, pois aumentei um total de 3,1 kg até agora (considerando o peso no início da gestação). Sempre fui acima do peso (siiiim, casa de ferreiro espeto de pau), por isso não posso facilitar. A tendência agora é aumentar mesmo, principalmente por estarmos no terceiro trimestre. A minha meta é aumentar apenas mais 4 kilos até o final da gestação, o que dá 1,3kg/mês (fev-abril).

3º Trimestre!






Na sexta passada entramos no terceiro trimestre de gestação. Arthur foi promovido a bebê couve-flor :)
Acredito que ele tenha em torno de 1 quilo agora, e já sinto uns chutes muito próximos às costelas!
Eu me sinto muito melhor, meu único sintoma mesmo é a tal azia, mas como essa me acompanha desde a 16ª semana eu levo numa boa.












Agora ele faz pequenos terremotos na barriga, fica agitadíssimo em alguns momentos e em outros simplesmente dorme por hoooras a fio (ainda bem que isso ocorre de madrugada, dizem que a tendência (minha esperança) é ele seguir os mesmos horários depois que nascer).Uma coisa engraçada são os sonhos/pesadelos, nunca pensei que minha imaginação fosse tão fértil!
**
No mais tudo tranquilo, final de semana chuvoso, JR finalmente consertou a máquina de lavar e passamos o dia todo em casa, saímos apenas para almoçar. Li um pouco, vi alguns filmes, dormi muito e acordei hoje com gostinho de quero mais :)
**

Boa semana a todas!
Beijos

21/01/2010

Os carentes

A gata está cada dia mais amadinha comigo, acho que ela sente que deve aproveitar esses últimos meses de atenção só para ela. Dorme do meu lado (isso nunca aconteceu), me espera na porta de casa e me acompanha até o quarto para a nossa siesta do meio dia. Um doce, só mia para pedir carinho mesmo, e é a minha companheirinha quando estamos em casa.

O computador, coitado, está  "virado no que é aquilo". É um trincadinho que ele ganhou em um tombo recente, são manchas por todos os lados e por último ficou cheio de açúcar de confeiteiro depois de um lanchinho vespertino :)  Perdeu o colinho de sempre, e fica empoleirado onde dá. Acho que por isso ele andou teimando um pouco, mas agora está um docinho também...

O marido reclama de tudo, reina o dia inteiro, enfim, continua praticamente o mesmo. Não me dá dengo nenhum, mas pelo menos nesses últimos dias tem demonstrado um humor melhorzinho...


Será que todos esses seres (inanimados e animados) sofrem alguma influência dos meus hormônios?

****


Ah, quero agradecer às amigas, que com os comentários do post anterior me deixaram com uma suave sensação de normalidade :)

20/01/2010

Territorialismo

Eu não gosto de visitas. O fato é que eu não gosto de gente estranha dentro de casa, não fico a vontade. Não sou boa anfitriã, não sei ser gentil expontaneamente. Essas regrinhas de boa conduta é que me irritam. Por exemplo, aqui não se pode oferecer um chimarrão para a visita, dizem que é falta de educação. Tem que fazer e entregar a cuia, e eu que nem sou muito de chimarrão sempre ofereço, ora se a pessoa não quiser é só dizer (o mesmo vale para qualquer petisco).
JR também não é chegado a casa cheia. Aliás, acho que menos do que eu. Mas ele é mais educadinho, mais cortês, sabe fazer sala direitinho. Por mim eu só abriria as portas de casa para os mais chegados (leia-se pai, irmão, avós e alguns raros amigos). Não gosto quando as pessoas chegam sem se fazer anunciar, e estou escrevendo isso porque pensei muito antes de ir morar tão perto do trabalho. Alguns não respeitam, acham que por ser próxima a casa é uma extensão da empresa e vão chegando mesmo, a qualquer hora, em qualquer dia.
Será que isso faz de mim uma sociopata? Será que só eu tremo em pensar nas visitas depois que Arthur nascer? (cheguei a cogitar uma viagem pós-parto, da maternidade para uma cidade vizinha :o] )

19/01/2010

Em manutenção

JR disse que tinha dificuldades em ler algumas palavras no layout antigo. Confesso que andava meio cansada dele (do layout) mesmo, achava muito poluído, por isso troquei. Eu mesma fiz esse, espero que gostem!
Abaixo o print do template antigo, para posteridade :)

Dica de livro


Arrumando a estante encontrei o "Crescendo com Saúde", um livro escrito por pediatras basicamente sobre alimentação infantil, mas tem várias dicas, histórias e tabelas de desenvolvimento (tanto nutricional quanto psicomotor) da primeira infância à adolescência. Eu folheei hoje pela manhã e achei muito legal, linguagem simples, leitura fácil :)

15/01/2010

Evolução da pança

Eu havia esquecido de postar a foto da semana passada...

A novidade agora é que já sinto ele bem acima do umbigo, percebi pela foto que a barriga subiu e mudou de formato :) Como eu mesma tiro as fotos nem sempre (nunca) consigo o mesmo ângulo. Amanhã entramos na 26ª semana.

14/01/2010

Ainda sobre o quarto

Vamos fazer o parto do Arthur particular, o que significa que não teremos como investir muito em decoração para o quartinho. Até aí nenhuma novidade, mas depois de conversar com o obstetra a respeito de valores, comecei a pensar em como economizar ainda mais na decoração do quartinho do Arthur.
  • Não sou muito ligada a babados, fitinhas e frescuras, gosto de tudo muito clean e prático (principalmente).
  • O berço-camping ficará no meu quarto nas primeiras semanas (ou até que eu me sinta segura em levá-lo para o seu quartinho, que fica bem ao lado do meu.
  • No quarto dele terei o bercinho de madeira, uma cômoda e um pequeno roupeiro (ainda definindo a respeito desta parte, não tenho certeza de que seja necessário).
  • Para guardar os brinquedos no início farei uns nichos nas paredes em mdf . Quando a bagunça começar mando fazer um baú grande, acho que dará conta.
  • Quanto às bugigangas de higiene, fraldas e etc pensei em uma caixa em mdf de 0,50*0,40, com quatro divisões internas mais ou menos assim:
Como ele tem dois trocadores (um no berço, um na banheira) vou colocar o tal baú sobre a cômoda (ou não, talvez faça uma prateleira se achar que os outros trocadores são incômodos/desconfortáveis.
  • Estava em dúvida quanto ao "tema" do quarto, eu queria fazenda, mas como a sogra me presenteou com o kit berço de elefante fiquei em dúvida se fazia safári, fazenda... Pensei tanto que cheguei a um brain storm :) e decidi fazer sobre a Arca de Noé, que tem todos os bichos possíveis :) Já comprei um jogo de lençóis deste tema(ainda não chegou).
Dentro desta idéia, estes são alguns quartinhos de que gostei, e como sempre vou guardar por aqui para futuras referências.

fonte
fonte

fonte
fonte
fonte
Este último foi o que mais gostei, pois tem um pouco de poás (adoro) e tons de marrom, verde, azul e laranja.

13/01/2010

Pré Natal

Acabamos de chegar da consulta.
Dr Fábio é o nosso obstetra, um amor de pessoa, tão tranquilo...
Ele sempre faz a ultrassonografia no consultório mesmo, o aparelho não é lá grandes coisas, mas é tão bom poder ver o Arthur a cada consulta!
Arthur está com quase 900 gramas, segundo o Dr um pouco acima do tamanho para a nossa idade gestacional (estamos com 25semanas e 6 dias). Está de cabeça para baixo, com as perninhas cruzadas e na hora do exame estava chupando o dedinho:] Achei legal observar que a área onde ele coloca o gel está cada vez maior e mais alta, já sinto os pés do bebê uns 3 dedos acima do umbigo
**
JR sempre vai às consultas, mas hoje precisei ir sozinha, foi até melhor, pois daí não me distraí e tirei várias dúvidas!!!
1) Eu estava com remorso por ter suspendido por conta própria o suplemento vitamínico por conta da constipação, mas ele concordou com a minha decisão e já trocou o medicamento.
2) Fisgadas, dorzinhas e etc em vários lugares diferentes- todas normais, é bom massagear a barriga(de leve) e deitar de vez em quando.

3) Ganho de peso: estou dentro do percentil 25, ou seja, abaixo do ganho para a minha idade gestacional. Do mês passado para cá, que foi o período mais crítico (com as festas e tudo mais) ganhei apenas 1,1kg, o que é ótimo, até agora estamos com 2,4kg a mais (é claro com o desconto dos kg que perdi nas 13 primeiras semanas). Ele me elogiou muito, e confesso que estou orgulhosa, pois como já engravidei acima do peso (que vergonha Sra Nutricionista) tenho cuidado a alimentação e morria de medo de engordar demais, pois a fome é grande.

4) A pressão também está ótima, 13x8 sempre.

5) O melhor de tudo foi conversarmos sobre o parto, Dr Fábio é totalmente a favor do parto normal, desde que eu me sinta a vontade. Ele me deixou super tranquila, conversamos inclusive sobre o parto sem dor, e ele disse que se eu não tolerar esta é uma alternativa. Minha placenta finalmente está bem para cima, o descolamento que tive no início não existe nem em pensamento, o colo do útero está perfeito e é muito provável que eu consiga (JR disse que sempre soube que com esses quadris eu seria boa parideira hehehe).

Então é isso gente, mais uma vez bobeei e esqueci de levar o dvd para gravar, mas o que importa é que o moço está enorme, tem um coração forte e coxinhas grossinhas

12/01/2010

O dia dos números


Pessoas, hoje definitivamente é dia de jogar no bicho (brincadeirinha...)
Atingimos 5000 visitantes no blog!
Ai que orgulho... :)

100 dias

Pois bem, faltam oficialmente 100 dias para a data prevista do parto do Arthur. Sei que ele não nascerá exatamente nesta data, mas achei tão simbólico que não consegui resistir a um post sobre isso.
Eu sempre fui muito ligada a metas, datas, eventos...

Quando era pequena sonhava muito com a minha festa de 15 anos, e quando faltavam alguns dias para a festa eu não acreditava que poderia chegar até lá.
Aos 15 anos sonhava com o dia em que faria vestibular, quando esse dia chegou nem acreditava que poderia passar, não me achava capaz.
Lembro ainda que enquanto estava na faculdade me emocionava muito ao pensar no dia de minha formatura, quando a minha turma realizou um jantar em comemoração aos 100 dias restantes para o grande dia eu chorei muito (escondida, of course que sou emotiva mas não pago mico), pois tinha medo do dia em que enfim recebesse meu diploma.

Mas sinceramente, nunca acreditei que pudesse ser mãe. Ao contrário de muitas, nunca consegui me imaginar com um bebê nos braços, ou mesmo atendendo quando alguém me chamasse de mãe. E agora aqui estou, em mais uma de minhas contagens regressivas, me esforçando para acreditar que tudo dará certo e mil vezes emocionada ao pensar no meu Arthur, meu filho, que virá para me transformar da maneira mais drástica e maravilhosa de todas.
Enfim, iniciamos hoje a contagem para o nascimento de Arthur. Meu único desejo é que ele tenha saúde, não tenho grandes expectativas quanto à sua beleza, inteligência, e tudo o mais que sempre me fez rotular aos outros. Para mim, ele é único desde que foi concebido, eu o amo incondicionalmente, e estou louca para poder dizer isso olhos nos olhos.

Beijos a todos.
Bianca

11/01/2010

Tsurus

Alguém lembra do filme em que um personagem dobrava 1000 tsurus para dar de presente a outro?
Eu decidi fazer um móbile de origami para o quartinho do Arthur, e lembrei da lenda do Tsuru (ou Grou), que de acordo com a lenda é um pássaro Japonês que vive 1000 anos. Diz ainda que se você dobrar 1000 pássaros terá êxito naquilo que desejar, além de longevidade.
Aqui tem um passo-a-passo bem simples, assim que(e se) eu fizer o móbile posto a foto para vocês verem :)

Oi!
A partir de agora nos encontraremos em www.buladabia.com.br

Espero vocês lá!!!

Beijos!!!


 Adoro esmaltes! Tenho uma coleção, de várias cores. Eu e a Vanessa fomos a Passo Fundo ontem (uma odisséia, outra hora eu conto) e ela me influenciou a chutar o balde :) Compramos esmaltes Flúor! São tons fosforecentes, que estão na modinha agora no verão. Nas fotos as cores não ficaram tão fiéis, são muito mais berrantes, principalmente quando secam.
Até JR gostou, ele havia assistido a reportagem abaixo e já estava melhor informado do que eu.
Hoje é dia de faxina, então nada de mostrar as unhas, amanhã faço e mostro como ficaram!
Abaixo a reportagem do Jornal da RBS (correspondente da Globo por aqui).

Logo no início da gestação comecei a suplementação com ácido fólico (o ideal é que se inicie esta suplementação antes mesmo de engravidar, em torno de 3 meses). Este nutriente é essencial para a formação neurológica do feto.


Aos 4 meses foi indicado suplemento de ferro, que suspendi após um mês por perceber que estava terrivelmente constipada! Pudera, eram 440% das necessidades diárias totais de ferro, e o organismo absorve o necessário e excreta o restante, então imaginem o martírio...  Não quis dar pitaco, então pedi ao meu Obstetra e ele providenciou a troca do medicamento por outro, que dá 120% da necessidade diária, além de conter alguns outros nutrientes importantes (inclusive o ácido fólico). Percebi melhora logo na primeira semana!
Considerando que eu como (e não é pouco) também consigo obter os nutrientes de outras fontes, por isso não acho necessário suplementar com doses tão altas!
Agora comecei a beber leite de soja, pois além de ser uma delícia :) é uma boa fonte de zinco, essencial ao crescimento, além de outras vitaminas e minerais. Tomo 300ml diários em 3 doses nos lanchinhos de meio turno (10h, 16h, 20h). Uma caixinha dura mais ou menos 4 dias, o preço médio é de R$3,00 a caixa, nada demais! Os meus sabores preferidos são morango e frapé de coco.
Durante a semana comemos de vianda, então a comidinha é bem caseira e variada, embora a salada esteja deixando a desejar... Nos finais de semana tenho mais dificuldade em manter a dieta, pois é um tal de jantar aqui e ali, além dos petiscos da hora do chimarrão... Mesmo assim estou orgulhosa, pois aumentei um total de 3,1 kg até agora (considerando o peso no início da gestação). Sempre fui acima do peso (siiiim, casa de ferreiro espeto de pau), por isso não posso facilitar. A tendência agora é aumentar mesmo, principalmente por estarmos no terceiro trimestre. A minha meta é aumentar apenas mais 4 kilos até o final da gestação, o que dá 1,3kg/mês (fev-abril).






Na sexta passada entramos no terceiro trimestre de gestação. Arthur foi promovido a bebê couve-flor :)
Acredito que ele tenha em torno de 1 quilo agora, e já sinto uns chutes muito próximos às costelas!
Eu me sinto muito melhor, meu único sintoma mesmo é a tal azia, mas como essa me acompanha desde a 16ª semana eu levo numa boa.












Agora ele faz pequenos terremotos na barriga, fica agitadíssimo em alguns momentos e em outros simplesmente dorme por hoooras a fio (ainda bem que isso ocorre de madrugada, dizem que a tendência (minha esperança) é ele seguir os mesmos horários depois que nascer).Uma coisa engraçada são os sonhos/pesadelos, nunca pensei que minha imaginação fosse tão fértil!
**
No mais tudo tranquilo, final de semana chuvoso, JR finalmente consertou a máquina de lavar e passamos o dia todo em casa, saímos apenas para almoçar. Li um pouco, vi alguns filmes, dormi muito e acordei hoje com gostinho de quero mais :)
**

Boa semana a todas!
Beijos

A gata está cada dia mais amadinha comigo, acho que ela sente que deve aproveitar esses últimos meses de atenção só para ela. Dorme do meu lado (isso nunca aconteceu), me espera na porta de casa e me acompanha até o quarto para a nossa siesta do meio dia. Um doce, só mia para pedir carinho mesmo, e é a minha companheirinha quando estamos em casa.

O computador, coitado, está  "virado no que é aquilo". É um trincadinho que ele ganhou em um tombo recente, são manchas por todos os lados e por último ficou cheio de açúcar de confeiteiro depois de um lanchinho vespertino :)  Perdeu o colinho de sempre, e fica empoleirado onde dá. Acho que por isso ele andou teimando um pouco, mas agora está um docinho também...

O marido reclama de tudo, reina o dia inteiro, enfim, continua praticamente o mesmo. Não me dá dengo nenhum, mas pelo menos nesses últimos dias tem demonstrado um humor melhorzinho...


Será que todos esses seres (inanimados e animados) sofrem alguma influência dos meus hormônios?

****


Ah, quero agradecer às amigas, que com os comentários do post anterior me deixaram com uma suave sensação de normalidade :)

Eu não gosto de visitas. O fato é que eu não gosto de gente estranha dentro de casa, não fico a vontade. Não sou boa anfitriã, não sei ser gentil expontaneamente. Essas regrinhas de boa conduta é que me irritam. Por exemplo, aqui não se pode oferecer um chimarrão para a visita, dizem que é falta de educação. Tem que fazer e entregar a cuia, e eu que nem sou muito de chimarrão sempre ofereço, ora se a pessoa não quiser é só dizer (o mesmo vale para qualquer petisco).
JR também não é chegado a casa cheia. Aliás, acho que menos do que eu. Mas ele é mais educadinho, mais cortês, sabe fazer sala direitinho. Por mim eu só abriria as portas de casa para os mais chegados (leia-se pai, irmão, avós e alguns raros amigos). Não gosto quando as pessoas chegam sem se fazer anunciar, e estou escrevendo isso porque pensei muito antes de ir morar tão perto do trabalho. Alguns não respeitam, acham que por ser próxima a casa é uma extensão da empresa e vão chegando mesmo, a qualquer hora, em qualquer dia.
Será que isso faz de mim uma sociopata? Será que só eu tremo em pensar nas visitas depois que Arthur nascer? (cheguei a cogitar uma viagem pós-parto, da maternidade para uma cidade vizinha :o] )

JR disse que tinha dificuldades em ler algumas palavras no layout antigo. Confesso que andava meio cansada dele (do layout) mesmo, achava muito poluído, por isso troquei. Eu mesma fiz esse, espero que gostem!
Abaixo o print do template antigo, para posteridade :)



Arrumando a estante encontrei o "Crescendo com Saúde", um livro escrito por pediatras basicamente sobre alimentação infantil, mas tem várias dicas, histórias e tabelas de desenvolvimento (tanto nutricional quanto psicomotor) da primeira infância à adolescência. Eu folheei hoje pela manhã e achei muito legal, linguagem simples, leitura fácil :)

Eu havia esquecido de postar a foto da semana passada...

A novidade agora é que já sinto ele bem acima do umbigo, percebi pela foto que a barriga subiu e mudou de formato :) Como eu mesma tiro as fotos nem sempre (nunca) consigo o mesmo ângulo. Amanhã entramos na 26ª semana.

Vamos fazer o parto do Arthur particular, o que significa que não teremos como investir muito em decoração para o quartinho. Até aí nenhuma novidade, mas depois de conversar com o obstetra a respeito de valores, comecei a pensar em como economizar ainda mais na decoração do quartinho do Arthur.

  • Não sou muito ligada a babados, fitinhas e frescuras, gosto de tudo muito clean e prático (principalmente).
  • O berço-camping ficará no meu quarto nas primeiras semanas (ou até que eu me sinta segura em levá-lo para o seu quartinho, que fica bem ao lado do meu.
  • No quarto dele terei o bercinho de madeira, uma cômoda e um pequeno roupeiro (ainda definindo a respeito desta parte, não tenho certeza de que seja necessário).
  • Para guardar os brinquedos no início farei uns nichos nas paredes em mdf . Quando a bagunça começar mando fazer um baú grande, acho que dará conta.
  • Quanto às bugigangas de higiene, fraldas e etc pensei em uma caixa em mdf de 0,50*0,40, com quatro divisões internas mais ou menos assim:
Como ele tem dois trocadores (um no berço, um na banheira) vou colocar o tal baú sobre a cômoda (ou não, talvez faça uma prateleira se achar que os outros trocadores são incômodos/desconfortáveis.
  • Estava em dúvida quanto ao "tema" do quarto, eu queria fazenda, mas como a sogra me presenteou com o kit berço de elefante fiquei em dúvida se fazia safári, fazenda... Pensei tanto que cheguei a um brain storm :) e decidi fazer sobre a Arca de Noé, que tem todos os bichos possíveis :) Já comprei um jogo de lençóis deste tema(ainda não chegou).
Dentro desta idéia, estes são alguns quartinhos de que gostei, e como sempre vou guardar por aqui para futuras referências.

fonte
fonte

fonte
fonte
fonte
Este último foi o que mais gostei, pois tem um pouco de poás (adoro) e tons de marrom, verde, azul e laranja.

Acabamos de chegar da consulta.
Dr Fábio é o nosso obstetra, um amor de pessoa, tão tranquilo...
Ele sempre faz a ultrassonografia no consultório mesmo, o aparelho não é lá grandes coisas, mas é tão bom poder ver o Arthur a cada consulta!
Arthur está com quase 900 gramas, segundo o Dr um pouco acima do tamanho para a nossa idade gestacional (estamos com 25semanas e 6 dias). Está de cabeça para baixo, com as perninhas cruzadas e na hora do exame estava chupando o dedinho:] Achei legal observar que a área onde ele coloca o gel está cada vez maior e mais alta, já sinto os pés do bebê uns 3 dedos acima do umbigo
**
JR sempre vai às consultas, mas hoje precisei ir sozinha, foi até melhor, pois daí não me distraí e tirei várias dúvidas!!!
1) Eu estava com remorso por ter suspendido por conta própria o suplemento vitamínico por conta da constipação, mas ele concordou com a minha decisão e já trocou o medicamento.
2) Fisgadas, dorzinhas e etc em vários lugares diferentes- todas normais, é bom massagear a barriga(de leve) e deitar de vez em quando.

3) Ganho de peso: estou dentro do percentil 25, ou seja, abaixo do ganho para a minha idade gestacional. Do mês passado para cá, que foi o período mais crítico (com as festas e tudo mais) ganhei apenas 1,1kg, o que é ótimo, até agora estamos com 2,4kg a mais (é claro com o desconto dos kg que perdi nas 13 primeiras semanas). Ele me elogiou muito, e confesso que estou orgulhosa, pois como já engravidei acima do peso (que vergonha Sra Nutricionista) tenho cuidado a alimentação e morria de medo de engordar demais, pois a fome é grande.

4) A pressão também está ótima, 13x8 sempre.

5) O melhor de tudo foi conversarmos sobre o parto, Dr Fábio é totalmente a favor do parto normal, desde que eu me sinta a vontade. Ele me deixou super tranquila, conversamos inclusive sobre o parto sem dor, e ele disse que se eu não tolerar esta é uma alternativa. Minha placenta finalmente está bem para cima, o descolamento que tive no início não existe nem em pensamento, o colo do útero está perfeito e é muito provável que eu consiga (JR disse que sempre soube que com esses quadris eu seria boa parideira hehehe).

Então é isso gente, mais uma vez bobeei e esqueci de levar o dvd para gravar, mas o que importa é que o moço está enorme, tem um coração forte e coxinhas grossinhas


Pessoas, hoje definitivamente é dia de jogar no bicho (brincadeirinha...)
Atingimos 5000 visitantes no blog!
Ai que orgulho... :)

Pois bem, faltam oficialmente 100 dias para a data prevista do parto do Arthur. Sei que ele não nascerá exatamente nesta data, mas achei tão simbólico que não consegui resistir a um post sobre isso.
Eu sempre fui muito ligada a metas, datas, eventos...

Quando era pequena sonhava muito com a minha festa de 15 anos, e quando faltavam alguns dias para a festa eu não acreditava que poderia chegar até lá.
Aos 15 anos sonhava com o dia em que faria vestibular, quando esse dia chegou nem acreditava que poderia passar, não me achava capaz.
Lembro ainda que enquanto estava na faculdade me emocionava muito ao pensar no dia de minha formatura, quando a minha turma realizou um jantar em comemoração aos 100 dias restantes para o grande dia eu chorei muito (escondida, of course que sou emotiva mas não pago mico), pois tinha medo do dia em que enfim recebesse meu diploma.

Mas sinceramente, nunca acreditei que pudesse ser mãe. Ao contrário de muitas, nunca consegui me imaginar com um bebê nos braços, ou mesmo atendendo quando alguém me chamasse de mãe. E agora aqui estou, em mais uma de minhas contagens regressivas, me esforçando para acreditar que tudo dará certo e mil vezes emocionada ao pensar no meu Arthur, meu filho, que virá para me transformar da maneira mais drástica e maravilhosa de todas.
Enfim, iniciamos hoje a contagem para o nascimento de Arthur. Meu único desejo é que ele tenha saúde, não tenho grandes expectativas quanto à sua beleza, inteligência, e tudo o mais que sempre me fez rotular aos outros. Para mim, ele é único desde que foi concebido, eu o amo incondicionalmente, e estou louca para poder dizer isso olhos nos olhos.

Beijos a todos.
Bianca

Alguém lembra do filme em que um personagem dobrava 1000 tsurus para dar de presente a outro?
Eu decidi fazer um móbile de origami para o quartinho do Arthur, e lembrei da lenda do Tsuru (ou Grou), que de acordo com a lenda é um pássaro Japonês que vive 1000 anos. Diz ainda que se você dobrar 1000 pássaros terá êxito naquilo que desejar, além de longevidade.
Aqui tem um passo-a-passo bem simples, assim que(e se) eu fizer o móbile posto a foto para vocês verem :)

 
Copyright 2009 Bula da Bia. Powered by Blogger Blogger Templates create by Deluxe Templates. WP by Masterplan