12/11/2009

Carta a minha Mãe.

Hoje é um dia especial... Todos os anos eu fico triste ao lembrar dela, mas esse ano é diferente, tenho uma sensação de que estamos mais próximas, que posso entendê-la melhor.


Mãe,
Hoje tu completarias 52 anos. Como sempre, nesses 16 anos que se passaram, queria tê-la ao meu lado, queria poder te abraçar e sei até a cor das orquídeas que te daria de presente.
Mas em tanto tempo eu já aprendi a aceitar que isso não é possível, e que foi melhor assim. A cada ano que passa as feridas cicatrizam mais, a dor ameniza, mas as lembranças do tempo que passamos juntas não esmaecem, ficam cada dia mais e mais fortes.
Nesse teu aniversário de 2009 eu queria ainda mais a tua presença, pois estou passando por este momento mágico da gravidez. Queria que tu estivesses comigo quando quase perdi o bebê, e também quando ele mexeu pela primeira vez. Queria que tu me contasses como foi contigo, o que tu sentias, como eu nasci, já que estas informações acabaram sendo enterradas junto contigo.
Queria compartilhar contigo as minhas expectativas, meus anseios, meus medos, queria tanto que tu pudesses segurar a minha mão e me acompanhar nesses momentos todos.
Mãe, sinto muita saudade, ainda choro muito, mas ainda me surpreendo com novas lembranças tuas a cada dia, como se fossem pequenos presentes que tu deixaste guardados no meu subconsciente.
Enfim, Meisy, tu sabe que eu te amo muito, que eu nunca te esqueci e que tudo o que eu quero na vida é que tu tenhas orgulho de mim. E se eu puder ser um terço da pessoa e mãe que tu foi nesses curtos 13 anos que convivemos, eu estarei muito feliz.

Beijos mãe, te amo muito.
Feliz Aniversário.
Reza por nós aí de cima, como nós fazíamos quando eu era pequena.

Bianca,
Tua Mitsu

0 disseram que...:

Carta a minha Mãe.

Posted 10:40 by Bia in Marcadores: ,
Hoje é um dia especial... Todos os anos eu fico triste ao lembrar dela, mas esse ano é diferente, tenho uma sensação de que estamos mais próximas, que posso entendê-la melhor.


Mãe,
Hoje tu completarias 52 anos. Como sempre, nesses 16 anos que se passaram, queria tê-la ao meu lado, queria poder te abraçar e sei até a cor das orquídeas que te daria de presente.
Mas em tanto tempo eu já aprendi a aceitar que isso não é possível, e que foi melhor assim. A cada ano que passa as feridas cicatrizam mais, a dor ameniza, mas as lembranças do tempo que passamos juntas não esmaecem, ficam cada dia mais e mais fortes.
Nesse teu aniversário de 2009 eu queria ainda mais a tua presença, pois estou passando por este momento mágico da gravidez. Queria que tu estivesses comigo quando quase perdi o bebê, e também quando ele mexeu pela primeira vez. Queria que tu me contasses como foi contigo, o que tu sentias, como eu nasci, já que estas informações acabaram sendo enterradas junto contigo.
Queria compartilhar contigo as minhas expectativas, meus anseios, meus medos, queria tanto que tu pudesses segurar a minha mão e me acompanhar nesses momentos todos.
Mãe, sinto muita saudade, ainda choro muito, mas ainda me surpreendo com novas lembranças tuas a cada dia, como se fossem pequenos presentes que tu deixaste guardados no meu subconsciente.
Enfim, Meisy, tu sabe que eu te amo muito, que eu nunca te esqueci e que tudo o que eu quero na vida é que tu tenhas orgulho de mim. E se eu puder ser um terço da pessoa e mãe que tu foi nesses curtos 13 anos que convivemos, eu estarei muito feliz.

Beijos mãe, te amo muito.
Feliz Aniversário.
Reza por nós aí de cima, como nós fazíamos quando eu era pequena.

Bianca,
Tua Mitsu



0 comment(s) to... “Carta a minha Mãe.”
 
Copyright 2009 Bula da Bia. Powered by Blogger Blogger Templates create by Deluxe Templates. WP by Masterplan